terça-feira, 28 de agosto de 2012

Ser pagã (Bela Síol)


Sou mulher …
Que caminha no submundo,
Com os braços estendidos,
Tocando as estrelas,
Vislumbrando sonhos,
Nas tetas cósmicas,
Da teia leitosa dos mundos.
Sou a observadora da noite,
A sábia e cega diurna,
Diante das mazelas mundanas,
Na dor que ofusca o sorriso,
Quando frustra a vontade,
De pintar o universo,
Nas cores da paz e alegria.
Meu corpo é toda a terra…
Rios que correm nas veias quentes,
A lava que se espalha no prazer,
O canto do pássaro interior,
Melodioso em honra da deusa.
Sou magia temida e a arte da cura,
Sou fruto e encantamento de amor.

Bela Síol


6 comentários:

  1. Lindo!!!
    Sou amante de poesia e esta me tocou profundamente!
    Belo trabalho!

    http://segredosmidnight.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. minha querida que bom que vc veio compartilhar e deixar seu comentario

      bjs

      Excluir
  2. Que lindo este texto...adorei, e as fotos como sempre super bem escolhidas!
    Bjs e lindo dia para vc e a paz !
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. minhas queridas e adoradas, que bom q vcs vieram

      bjs

      Excluir
  3. Buona domenica, un felice settembre per te...ciao

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...