segunda-feira, 8 de abril de 2013

SABEDORIAS


Perguntaram numa ocasião a Mahatma Gandhi quais são os fatores que destroem o ser humano, ele respondeu assim:

"A Política sem Princípios, o Prazer sem Responsabilidade, a Riqueza sem Trabalho, a Sabedoria sem Caráter, os Negócios sem Moral, a Ciência sem Humanidade e a Oração sem Caridade".

"A vida tem ensinado a mim, que as pessoas são amáveis, se eu sou amável; que as pessoas estão tristes, se estou triste; que todos me querem bem, se eu quero bem a eles; que todos são maus, se eu os odeio; que há rostos sorridentes, se eu sorrio para eles; que há rostos amargurados, se estou amargurado; que o mundo é feliz, se eu sou feliz; que as pessoas tem nojo, se eu sinto nojo; que as pessoas são gratas, se eu tenho gratidão".

"A vida é como um espelho: Se sorrio, o espelho me devolve o sorriso".

"A atitude que tomo na vida, é a mesma que a vida tomará ante mim."

"Quem quiser ser amado, que ame".

"A única razão porque és feliz, é porque tu decides ser feliz".

Mahatma Gandhi

Sabedoria Celta


Que jamais, em tempo algum, o teu coração acalente ódio.
Que o canto da maturidade jamais asfixie a tua criança interior.
Que o teu sorriso seja sempre verdadeiro.
Que as perdas do teu caminho sejam sempre encaradas como lições de vida.
Que a musica seja tua companheira de momentos secretos contigo mesmo.
Que os teus momentos de amor contenham a magia de tua alma eterna em cada beijo.
Que os teus olhos sejam dois sóis olhando a luz da vida em cada amanhecer.
Que cada dia seja um novo recomeço, onde tua alma dance na luz.
Que em cada passo teu fiquem marcas luminosas de tua passagem em cada coração.
Que em cada amigo o teu coração faça festa, que celebre o canto da amizade profunda que liga as almas afins.
Que em teus momentos de solidão e cansaço, esteja sempre presente em teu coração a lembrança de que tudo passa e se transforma, quando a alma é grande e generosa.
Que o teu coração voe contente nas asas da espiritualidade consciente, para que tu percebas a ternura invisível, tocando o centro do teu ser eterno.
Que um suave acalanto te acompanhe, na terra ou no espaço, e por onde quer que o imanente invisível leve o teu viver.
Que o teu coração sinta a presença secreta do inefável!
Que os teus pensamentos e os teus amores, o teu viver e a tua passagem pela vida, sejam sempre abençoados por aquele amor que ama sem nome.
Aquele amor que não se explica só se sente.
Que esse amor seja o teu acalento secreto, viajando eternamente no centro do teu ser.
Que a estrada se abra à sua frente.
Que o vento sopre levemente às suas costas.
Que o sol brilhe morno e suave em sua face.
Que respondas ao chamado do teu Dom e encontre a coragem para seguir-lhe o caminho.
Que a chama da raiva te liberte da falsidade.
Que o ardor do coração mantenha a tua presença flamejante e que a ansiedade jamais te ronde.
Que a tua dignidade exterior reflita uma dignidade interior da alma.
Que tenhas vagar para celebrar os milagres silenciosos que não buscam atenção.
Que sejas consolado na simetria secreta da tua alma.
Que sintas cada dia como uma dádiva sagrada tecida em torno do cerne do assombro.
Que a chuva caía de mansinho em seus campos...
E, até que nos encontremos de novo.
Que os Deuses lhe guardem na palma de Suas mãos.
Que despertes para o mistério de estar aqui e compreendas a silenciosa imensidão da tua presença.
Que tenhas alegria e paz no templo dos teus sentidos.
Que recebas grande encorajamento quando novas fronteiras acenam.
Que este amor transforme os teus dramas em luz, a tua tristeza em celebração, e os teus passos cansados em alegres passos de dança renovadora.
Que jamais, em tempo algum, tu esqueças da Presença que está em ti e em todos os seres.

Sabedoria Xamânica


Sabedoria da Deusa


A lua brilha no céu estrelado
E nos ilumina com
a Sabedoria da Deusa.
Sua Luz nos acolhe e
Aquece nossos desejos.

Ela que é e sempre será,
Vela por nós desde tempos imemoriais
Para que possamos aprender
E conhecer uma vida melhor.

Vida que se desliza
Pelos cálidos raios lunares
Até nós, unindo-se
Com a Grande Mãe,
Abrindo nossos caminhos
Para a felicidade.

A Lua brilha no céu estrelado
E desce à Terra
Para iluminar e abençoar
a todos aqueles que desejem
carregar a chama prateada
em seus corações,
e espalhar assim a Sabedoria da Deusa.

Mas…o que é a Sabedoria da Deusa?

- É o conhecimento da Grande Mãe, da Mãe Terra.
- É viver de acordo com seus ciclos naturais.
- É celebrar os festivais das colheitas numa infinita
Comunhão com Ela e com o Universo.
- É celebrar a Vida em cada ato do dia a dia.
- É ver em cada dia a Presença amorosa D’Ela!

FONTE: Debora Rocco

ORAÇÕES

E assim surgiram todas as coisas

“No momento infinito, antes de tudo,

a Deusa levantou-se do Caos e deu

nascimento á Ela mesma.

Isto foi antes de ela Ter nascido,

até Ela própria.

E quando separou o céu das águas,

Ela dançou sobre elas.

Conforme Ela dançava, assim aumentava seu êxtase

e em Seu êxtase Ela criou tudo o que existe.

Seus movimentos provocavam os ventos e assim

o elemento Ar nasceu e respirou, e a Deusa

nomeou a Si mesma de Arianrhod, Cardea e Astarte.

E faíscas saíam de seus pés conforme Ela dançava

e brilhavam como o Sol, e as estrelas se prenderam em Seus

cabelos. Os cometas passavam sobre Ela e assim o elemento

Fogo nasceu e a Deusa nomeou a Si mesma de: Sunna, Vesta e Pele.

Sob os Seus pés moviam-se as águas formando ondas e assim

os rios e lagos passaram a fluir e Ela nomeou a Si mesma de:

Binah, Mari Morgine e Lahshmi.

E procurando descansar Seus pés na dança,

produziu a Terra de modo em que as margens dos rios

e mares fossem os Seus pés; as terras férteis, o Seu ventre;

as montanhas, os Seus seios fartos e

Seus cabelos todas as coisas que crescem,

e a Deusa nomeou a Si mesma de:

Cerridrew, Deméter e Mãe do Milho.

E Ela se tornou Àquela que é, foi e será.

Nascida de sua própria dança sagrada,

Do prazer cósmico e da alegria infinita.

Ela sorriu e criou a mulher á Sua própria imagem,

Para ser a sua Sacerdotisa.

De seus elementos – Terra, Ar, Fogo e Água –.

A Deusa criou o Seu Consorte para lhe dar amor,

Prazer, companheirismo e para compartilhar.

A Deusa falou então às Suas filhas:

- Eu Sou a Lua que iluminará

os seus caminhos e revelará os seus ritmos.

- Eu Sou a dançarina e a dança.

- Eu Me movo sem movimento.

- Eu Sou o Sol que dá calor

para germinar e crescer.

- Eu sou tudo o que será.

- Eu Sou o vento que virá ao seu chamado

e as águas que oferecem a alegria.

- Eu Sou o Fogo da dança da vida

e a Terra abaixo de seus pés dançantes.

- Eu dou á todas as minhas Sacerdotisas

Os três aspectos que são Meus:

- Sou Ártemis, a Donzela dos animais

e a virgem da caça.

- Eu Sou Isis, a Grande Mãe.

- Eu Sou Ngame, a Deusa ancestral que sopra a mortalha.

- Eu serei chamada pôr milhões de outros nomes.

- Chamem pôr Mim minhas filhas, e saibam que Eu Sou

Nêmenis. Nós todas somos Donzelas, Mães e Anciãs.

- Oferecemos nossa energia criada ao espirito das mulheres

que foram, ao espírito das mulheres que virão e ao espírito

das mulheres que crescerão.

- E assim vamos evoluir juntas.

4 comentários:

  1. Mi querida Selma, es una maravilla la entrada de hoy, además de completa y muy elaborada... deja un mensaje sabio y esperanzador.
    Un placer pasar a leerte, te dejo un fuerte abrazo, buen comienzo de semana!

    PD: me llevo tu banner a mi sitio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que vc está aqui e obrigada por levar meu banner.

      volte mais vzs

      selma

      Excluir
  2. Selma, minha querida fiquei impactada com esa maravilha de post!! Voce sempre reina brilhante e magica! abraco grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. minha querida Carolina sempre amável comigo,

      bjs

      selma

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...