domingo, 24 de fevereiro de 2013

A NATUREZA DAS BRUXAS DA RELIGIÃO ANTIGA


“A morte nasce conosco e conosco caminha por todos os instantes da vida, mesmo que tentemos ignorá-la”. (John O’Donoghue, escritor irlandês.)




Todas as Bruxas tem um pouco de cada Deusa e, chegou o momento de você lidar com todas as suas facetas.
Em vez de ficar cobrando de si mesma “coerência” ou “lógica”, aceite que você é um ser humano de múltiplos aspectos, alguns contraditórios.
Aceite-se como você é e, desperte dentro de você as qualidades das deusas.

Por muitos nomes fomos chamadas durante nossa existência. Nós vertemos nosso sangue em direção à Terra que nos alimenta e sustenta, fluímos em nossos mares internos. Fomos forjadas no fogo da transformação eterna e sopradas por todo o Universo para cumprir nossa missão. Manter viva a lembrança da Deusa, a própria Terra, nossa casa.

Quando nos damos a oportunidade de olhar para nós mesmos, nos damos a chance de conhecer as nossas reais motivações , os nossos desejos , os nossos medos e também percebemos a forma com que as nossas atitudes muitas vezes mascaram tudo aquilo que temos medo de assumir.


Cada uma de nós teve seu caminho profundamente delimitado. E assim como são as flores das mais diversas cores nossa Mãe manifestou-se em suas mais diversas faces, cada uma de nós, suas sacerdotisas, representantes de seus multi-olhares. Mas todas nós estávamos, docemente convidadas, a servi-La da forma mais serena possível. Caminhamos entre toda a Criação, conscientes de nossas certezas. 

Sobre o olhar da Lua aprendemos a ser fortes como a Donzela, amáveis como a Mãe e sábias como a Anciã. E de suas uniões nos tornamos as Virgens Negras, também explosivas, guerreiras e ceifadoras. Aquelas de nós, mais antigas, tornaram-se professoras e mestras, e como Deusas vivas aceitaram o destino de estarem sós ainda que rodeadas de pessoas. Elas foram Isarma, Adsartha, Caillean, Dierna, Vivianee Morgana.

Quanto mais uma mulher souber sobre a Deusae o Deus, mais centrada ela se tornará, tendo o perfeito domínio sobre seus instintos, habilidades e possibilidades de encontrar um significado especial através das escolhas que fará.


Os padrões da Deusa também afetam o relacionamento com os homens. Diga-me qual homem que escolhestes que te direi a Deusa que mora dentro de ti. Realmente esta escolha ajuda e elucidar afinidades e dificuldades pelas quais passa a mulher que o escolheu.

A oposição do bem e o mal existe em muitas culturas e civilizações, mas vamos juntos mostrar que “bruxaria” é uma definição de “fazer o bem sem ver a quem“. Para respeitar nossa famosa Lei Tríplice.

Temos que ter em mente que, toda mulher tem dons concedidos pela Deusa, mas ela deve aprender a descobri-los e aceitá-los com gratidão. Mas toda mulher também tem deficiências concedidas pela Deusa que deve reconhecer e superar para que possa trilhar o caminho do auto-conhecimento e realização.
A Bruxaria, sendo caracterizada pela liberdade de pensamento, acaba por apresentar um amplo leque de linhas de pensamento e de vertentes de características bastante distintas, entretanto, alguns elementos em comum podem ser apresentados a fim de que se tenha melhor compreensão do significado da bruxaria. 


O Respeito ao Livre-Arbítrio - Nenhuma verdadeira bruxa (o) buscará doutrinar aqueles que têm outro credo. Para os bruxos (as) , a fé só é verdadeira se resulta de escolha individual e espontânea. Nenhum verdadeiro bruxo(a) realizará qualquer tipo de magia no intuito de se beneficiar de algo que prejudicará outra pessoa. Para as bruxas (os), cada um tem seu próprio desafio a enfrentar. Usar de qualquer subterfúgio para escapar dos desafios que se apresentam é apenas adiar uma luta que terá de ter lugar nesta ou em outras vidas. Adiar problemas é o mesmo que acumulá-los para as próximas encarnações.

A Comunhão com a Natureza - A verdadeira bruxa (o) respeita a natureza, e por natureza ela (e) entende absolutamente tudo o que não é feito pelo homem. Quando preserva a natureza, suas preocupações não são a viabilidade da manutenção da vida humana na Terra, a verdadeira (o) bruxa (o) respeita a natureza simplesmente porque se sente parte dela, porque a ama. As bruxas (os) não acham que a natureza está à sua disposição. Os homens, os minerais, os vegetais e toda a espécie de animal são apenas colegas de caminhada, nenhum mais ou menos importante que o outro. Não são falsos em suas crenças nem românticos idealistas. Acreditam que conflitos fazem parte da natureza.

 ”Gefjion é uma das deusas do panteão nórdico, mais especificamente uma deusa do povo Wanen. Um povo o qual celebravam a fertilidade, a prosperidade, o prazer na sua totalidade, o sagrado da sexualidade em ênfase e as coisas belas.
Há referências de Gefjion também pelo povo Aesir que a enxergavam como uma giganta e como a Virgem Donzela, Padroeira das Virgens, sendo também uma Deusa da terra.”


Extraído de “Tradição Caminho das Sombras”

A religião da Deusa, também é conhecida popularmente como: Bruxaria, Antiga Religião, Caminhos Antigos ou, simplesmente, Arte Antiga e que não se caracteriza como uma seita ou apenas uma filosofia de vida. É, acima de tudo, um caminho solitário de auto-aprimoramento, respeito à natureza, ao próximo e a si mesmo. 

Devido ao preconceito e a falta de informação, muitas pessoas ainda confundem paganismo com 'feitiçaria ou magia negra'. Isso não é correto. E que fique bem claro: nossa religião nada tem a haver com satanismo, magia negra ou qualquer outra cor que queiram denominá-la!
A Deusa é a grande fonte criadora de toda a vida e, com o tempo, os homens foram se conscientizando também do seu aspecto divino, junto aos atributos fertilizadores do Deus Chifrudo, erroneamente comparado ao 'diabo' na visão judaíco-cristã. Enfim, a Deusa e o Deus são complementos daquilo que nunca deveria ter sido separado.

25 comentários:

  1. Excelente texto sobre as bruxas, bastante oportuno.

    Marcos Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia marcos paulo

      agradecemos por sua visita e pelos elogios.

      selma/marcos

      Excluir
  2. Oii, seu blog é deemais.. adoro todos os seus artigos, especialmente sobre magia das bruxas eu adoroo *-*
    eu visito todo dia seu blog, é demais viu! Parabééns.. notaa 10000000000000000000000000000000000000000 pra voces , bjoos

    Vanusa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia vanusa

      seu entusiasmo nos contagia para continuarmos a melhorar e levar conhecimento a vocês cada vez mais.

      agradecemos pelos elogios e continue com a visita diária.

      selma/marcos

      Excluir
  3. gostaria de saber se fazer um ritual na Lua Cheia,faltando 2 dias para começar a Lua Minguante,pode interferir no resultado?

    Debora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia débora

      a lua esta la em cima linda como sempre é em qualquer período e em qualquer situação.

      selma/marcos

      Excluir
  4. As bruxas eram proprietárias de terras que interessavam à nossa "Santa Madre Igreja"...Fato esse de suma relevância para serem queimadas vivas e terem seus pertences "Terras" entregues a tal "Santa religião..." ?

    Augusto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro augusto

      não existia um critério para queimarem as pessoas , bastavam eles mesmos julgarem na hora o que eles achavam que era nocivo a religião mencionada.

      e nessa leva foram no pacote , mulheres trabalhadoras do campo, bruxas , crianças , deficientes mentais e se tivessem dotes melhor ainda.

      volte sempre
      selma/marcos

      Excluir
  5. Ser Bruxa, é ser feminina... Mulher, guerreira. Ser justa e iluminada. Assumir e não ter vergonha deste dom.

    Parabens pelo blog

    Lucia Cardoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prezada lucia cardoso

      agradecemos pela visita e pode ter certeza que temos muito orgulho de ser quem somos.

      selma/marcos

      Excluir
  6. As Bruxas são as verdadeiras “Alquimistas” da natureza

    Armando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro armando

      obrigado por sua visita !

      selma/marcos

      Excluir
  7. Olá!!! Bom Dia, Selma.
    Gostei do Blog é direcionada em uma Religião Antiga, aparentemente esquecida.
    Muito diferente nos dias de hoje.
    Quando as condutas tinham que ter permissão de outras forças.
    Tanto que eram temidas mas não eram simplesmente entendidas.
    A ignorância da força pela fé, veio a mudar isso a imposição.
    Muito do conhecimento desta natureza dos nossos permaneceu em silêncio e retorna aos poucos.
    A humanidade é assim, somente como lhe convém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belas palavras.

      Que bom que veio deixar sua opinião aqui.

      Volte sempre

      selma & marcos

      Excluir
  8. Mi querida Selma, te felicito por la entrada tan bien elaborada, el artículo es excelente, acompañado de imágenes bellísimas y la música de Sarah Brightman que adoro!
    Un placer pasar a leerte, te dejo un fuerte abrazo!

    PD: gracias por pasar por mi sitio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Cristina, como é bom saber que vc mais uma vez está aqui.

      Como fico feliz com os seus comentários.

      bjs

      Selma

      Excluir
  9. Hola Selma,
    buenas noches,
    sin dudas una vision que muchos desconocen,
    maravillosa entrada,
    el texto muy completo y las imagenes realmente hermosas.

    Te deseo un gran dia
    abrazos y besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Ariel

      que bom que teve um tempinho para estar aqui.

      Volte mais vzs.

      Selma

      Excluir
  10. Que chegue o dia em todos possam viver em harmonia com o "todo".

    Oi amada, esta bem???
    Mais um lindo texto, parabéns.
    Beijinhos de luz.
    Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palavras sempre sábias

      Obrigada por estar aqui.

      bjs

      Selma

      Excluir
  11. Olá amiga!

    Muito boa postagem, eu me enquadro em muitos itens descritos e também posso dizer que muitos confundem muitas coisas pq não sabem sobre determinados assuntos.
    Também gostei do vídeo da Sarah - tenho um CD dela.

    Abração e lindo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Bruxinha, que a sua vassoura traga vc aqui mais vzs.

      bjs

      Selma

      Excluir
  12. Selma, amiga, como sempre adorei o texto e as imagens nem se fala, lindas, com tudo a ver. Votos de um fim de semana iluminado.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que felicidade amiga Ana. Sempre é bom vc estar aqui.

      bjs


      Selma

      Excluir
  13. É profundamente lastimável a negra ignorância e o preconceito da sociedade em relação às bruxas! Quanta estupidez, quanto ódio e quantos crimes hediondos foram cometidos pela inquisição, na Idade Média, só porque não se pensava segundo os dogmas absurdos da Igreja Católica! Ainda vejo muita ignorância à respeito das queridas bruxas, mesmo hoje, com tanta informação, é impressionante como que as pessoas não conseguem vencer os arraigados e seculares preconceitos! Selma, querida, adorei o teu blog viu, continue assim, trazendo-nos preciosas informações capazes de eliminar definitivamente os resquícios de preconceitos e ignorância que ainda existem! Salve todas as bruxas que praticam o amor, a bondade, a misericórdia e apenas utilizam a magia para o bem! Hélio.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...