domingo, 22 de outubro de 2017

O DESPERTAR DA BRUXA DA BRUXARIA TRADICIONAL


“Eu vivo, porém não viverei para sempre.
Somente a Mãe Terra vive eternamente”
Canção dos índios Kiowa



Todas nós nascemos com os dons, apenas estão adormecidos, e despertamos quando encontramos a coragem de assumir os conhecimentos natos sobre a vida em comunhão com a magia e por acreditar e pensar exatamente assim Eu como Sacerdotisa que sou do Templo de Viviane pergunto: Mas... despertar o que???
Não podemos falar sobre o despertar da bruxa, se não concordarmos a respeito do que significa “ser bruxa”.

Ser uma Bruxa é viver de acordo com as Leis da Natureza, é amar a vida em todas as suas manifestações e aspectos, é ser livre, é ousar, é criar, é fazer a sua vontade sem nunca prejudicar a nada e nem a ninguém.

Ser Bruxa é amar a vida em todas as suas manifestações e aspectos, é ser livre para ser não o que os outros propõe, mas o que ela propõe para si própria, é ousar, traçar caminhos novos, criar e fazer sua vontade sem prejudicar a nada nem a ninguém.

É ser fértil como só seu corpo feminino pode ser. É despertar para o mundo e ter a coragem de erguer seus olhos para enxergá-lo sem culpa ou desculpa, é um caminho longo, difícil, corajoso e gratificante, porém, um caminho sem volta.

A sabedoria de uma Bruxa da Bruxaria Tradicional enriquece a alma, não apenas o espírito. É diferente da mera inteligência, informação e sagacidade, que só residem na mente. A sabedoria da Bruxa da Bruxaria Tradicional vai mais fundo do que isso. Quando o cérebro, com sua multidão de fatos e peças de informação, deixa de existir, alma persistirá. A sabedoria imarcescível da alma sobreviverá.



A beleza da Bruxaria Tradicional está nesta liberdade de escolha de cada indivíduo em poder decidir seu caminho sozinho ou em grupo, sem qualquer dogma rígido ou regime.

Engana-se aquele que acha que tudo é simples. Na realidade a simplicidade das coisas está na complexidade do que é. Somente com predisposição de aprender e humildade poderá, então, seguir adiante caminhando pela Senda Mística. A disciplina da Senda não pode ser aprendida em livros; só a experiência nos dá a realização, e as vivências, a prática.

Se o desperta é quando enveredamos pelo caminho da Bruxaria Tradicional e entendemos que somos parte da Terra e Ela é parte de nós e temos a noção que a Terra não pertence ao homem, o homem é que pertence à Terra, sentimos em nossas veias que todas as coisas são interligadas, assim como o sangue nos une a todos temos a capacidade de entender que não fomos nós que tecemos a teia da vida, somos apenas um de seus fios. 


O que quer que façamos a ela estaremos fazendo a nós mesma pois assim foi passada por nossas Antepassadas que nas antigas religiões existe uma íntima conexão existente entre a Deusa, a Terra e a mulher que interpretavam o mistério da vida e da morte como um ciclo natural e eterno, visível nos ritmos e padrões cósmicos, na dança das estações e na Roda das reencarnações.

Nós Bruxas da Bruxaria Tradicional honramos a memória ancestral celebramos a corrente existente entre o passado e o futuro, a continuidade da linhagem e a transmissão da sabedoria ancestral.

Independentemente da época em que viveram nossos antepassados, das suas dificuldades, costumes, erros e realizações, o importante é reconhecer e honrar o seu legado benéfico, reverenciar a nossa linhagem maternal, preservar as tradições e crenças antigas e agradecer a sua sabedoria, lembrando a frase de Kahlil Gibran: “Todos os que viveram no passado vivem em nós agora. Que possamos honrá-los como hóspedes valiosos”.

A Bruxa respeita e conhece a natureza e, porque a conhece, a ama. Porque a ama, cuida. Porque cuida, cura. Este é o nosso trabalho, o trabalho da Bruxa, curar a Natureza com amor, o mesmo amor e respeito que, antes de tudo, para sermos Bruxas, devemos dispensar a nós mesmas.

Então Eu reafirmo despertar o que??? Já estamos acordada estávamos apenas cochilando.

Selma – 3fasesdalua



3 comentários:

  1. Tudo muito interessante, é muito bom saber mais sobre bruxas...

    ResponderExcluir
  2. Maria Tassin
    Gostei muito das gifs obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Magnífico,cada um de nós temos que se curvar render-se para nossa essência!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...