sábado, 10 de maio de 2014

“Somos as netas das bruxas que não puderam queimar.”


Quando alguém pergunta "Qual o caminho?", a Bruxa simplesmente responde "Caminhe".


Somos DIFERENTES...
E isso é que todos se fascinam.
Somos mágicas, conectadas com energias cósmicas, que abrem nossos olhos divinatórios. Somos feita do Mistério da Lua ,do calor ardente do sol. Carregamos conosco uma LUZ energética forte e mágica. Nunca passamos por despercebidas. Somos feitas da alegria que canta na natureza. Nossos dons, práticas e experiências, tem uma base forte e de muito estudo. Conseguimos sentir o orvalho que acalma e anuncia o amanhecer do dia.

Nem velhas, nem feias e muito menos com verruga no nariz. As bruxas nunca foram feias e representantes do mal, mas sim, grandes mulheres na sociedade que ameaçavam os homens necessitados de poder.

Graças a liberdade de expressão posso falar abertamente sobre quem sou e o que faço. Nós Bruxas nesses últimos séculos, permanecíamos incógnitas, tal atitude pesou contra nós, pois só quem fala sobre nós, são os que não nos conhecem. É necessário que falemos a respeito, pois nada mais temos para ocultar.





A morte faz parte do ciclo da vida, assim como o dia alterna-se com a noite, a luz com a sombra. A sombra da proximidade da morte nos permite compreender e respeitar o delicado equilíbrio da vida. Assim, seremos capazes de aceitar a continuidade da vida nos nossos descendentes, pois nós também somos a continuação da linhagem ancestral. 

As gerações nascem, crescem, florescem, amadurecem e decaem, feito frutos de uma mesma árvore, transformando-se no adubo rico necessário para a próxima colheita. Venerar os ancestrais mantém viva a conexão entre as gerações, os vivos reconhecendo e agradecendo àqueles que trilharam antes os caminhos, abrindo portas e deixando o legado das suas experiências e realizações.

A própria palavra "bruxa" (witch, em inglês) é maravilhosa, pois traz lembranças até ao espírito mais cético. No anglo-saxão antigo. A palavra "Witch" origina-se da antiga raiz germânica "wit", que quer dizer "saber". Novamente temos as bruxas associadas a pessoas de muito saber, ou seja, versadas em verdades científicas e espirituais. 


Em muitas línguas, Bruxa é a palavra usada nos termos comuns e cotidianos para sabedoria. É a sabedoria que enriquece a alma, não apenas o espírito. E, quando o cérebro deixar de existir, somente a sabedoria da alma sobreviverá.

Enquanto a sociedade romana predominou sobre a celta, as mulheres livres foram sendo sistematicamente perseguidas amaldiçoadas e queimadas nas fogueiras da Inquisição. Os católicos passaram seis séculos queimando mulheres. 




Somos assim, carregamos a tradição e sabemos o que sabemos, os costumes são mantidos.

Adquirimos os sentidos, para decifrar os mistérios.
Temos uma visão mais ampla das atitudes, e suas consequências.
Somos movidas por pura magia de energia.

Sua realidade está dentro de você, não em outro lugar. Mas para entender isso, às vezes, leva anos, pois quando descobrimos que absolutamente nada é definitivo, inclusive a vida, compreendemos a inutilidade do orgulho, a tolice das disputas, a estupidez da ganância. Você baterá em muitas portas antes de chegar naquela que busca... e então ficará confuso, porque descobrirá que a casa que havia deixado é a casa que você sempre procurou. E que a casa... é você.

Lembro me das palavras sábias que aprendi com minhas ancestrais ! "Eu sou várias! Há multidões em mim. Na mesa de minha alma sentam-se muitas, e eu sou todas elas. Há uma velha, uma criança, uma sábia, uma tola. Você nunca saberá com quem está sentada ou quanto tempo permanecerá com cada uma de mim. Mas prometo que, se nos sentarmos à mesa, nesse ritual sagrado eu lhe entregarei ao menos uma das tantas que sou, e correrei os riscos de estarmos juntos no mesmo plano. Desde logo, evite ilusões: também tenho um lado mau, ruim, que tento manter preso e que quando se solta me envergonha. Não sou santa, nem exemplo, infelizmente. Entre tantas, um dia me descubro, um dia serei eu mesmo, definitivamente. Como já foi dito: ouse conquistar a ti mesmo." 

Sempre aprendi que eu sou filha do Sol, trazida pelo vento. Sou verdadeira Bruxa por dentro. Bruxa nascida do fogo, meu espírito é soberano. Sou a transformação, a destruição e também sou a criação. Vivo com liberdade, criatividade e lealdade. Assim vão me encontrar. E se procurarem bem no fundo da fogueira, lareira ou de uma vela Os meus olhos vão achar na chama daquilo que queima o meu espirito, estará lá. Mas logo vos aviso, se mau intencionado estás, não procurarás.

Selma - 3fasesdalua

5 comentários:

  1. Como entro em contato?! preciso falar com você... meu email: santosmarcela844@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa tarde
      meu e-mail - selmanascimento09@hotmail.com

      Excluir
  2. Olá, estou me sentindo perdida ultimamente no q sou .. Preciso de respostas , sinto em mim uma alma de bruxa .. Me sinto confusa .. Quem puder me ajudar entre em contato com meu email: Rubenitas39@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, estou me sentindo perdida ultimamente no q sou .. Preciso de respostas , sinto em mim uma alma de bruxa .. Me sinto confusa .. Quem puder me ajudar entre em contato com meu email: Rubenitas39@gmail.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...